Tag Archives: viagem amazônia

Em julho, quem deu uma passadinha aqui no lodge foi o casal incrível do Mochilão a Dois.

Eles falaram um pouco da experiência de ficar em um hotel de selva e descreveram todos os momentos aqui no Tariri. Relataram cada detalhe, do transfer ao lodge, das comidas, dos passeios, uma verdadeira aventura. Mesmo passando 3 dias sem internet e sem TV, eles amaram e contaram tudo no blog.

Liany e Wagner, foi um grande prazer receber vocês!!


“Além de se sentir no meio da natureza, você ainda se sente em família”

Confira o texto completo sobre a experiência deles aqui em nosso paraíso:

Se hospedando em um Hotel de Selva – A experiência no Tariri Amazon Lodge

Antes de se aventurar pelas bandas da Amazônia, é preciso se planejar bastante.

Liany e Wagner, do blog Mochilão a Dois, fizeram exatamente isso e escolheram o nosso lodge para conhecer de perto a nossa cultura e belezas naturais.

Então, se você está aí quebrando a cabeça e procurando informações sobre uma viagem para este nosso paraíso, dá uma olhada no texto deles. Temos certeza que você irá se identificar.

Mas ó, não esquece de fazer a reserva e garantir a sua cabana aqui em nosso lodge. A gente garante que será a parte mais legal da viagem inteira.

Confira o texto completo do Mochilão a Dois:

Planejando uma viagem à Amazônia

 

 

 


A Amazônia é um universo único e um lar muito especial para milhões de pessoas, histórias incríveis, com fauna e flora bem variadas e uma cultura linda e riquíssima.

Ela já encantou o mundo todo e traz muitos amantes todos os anos para conhecer este pedaço de paraíso do nosso Brasil. Todos acabam se conectando à floresta de alguma forma, é uma oportunidade de viver experiências inesquecíveis, daquelas de contar para os filhos e netos com maior orgulho.

Então, pensando nisso, o Google lançou uma plataforma do Earth com um conteúdo bem recheado e super interessante sobre a Amazônia. Agora, com a ajuda de imagens de Street View, você pode ver de perto as comunidades no meio da floresta, pegar informações extras, dados, mapas e números sobre a Amazônia que eram bem difíceis de ter acesso.

É uma experiência interativa que promete aumentar a conexão das pessoas com a floresta.

Veja a matéria completa aqui e comece a desbravar a Amazônia, tirando suas maiores dúvidas para fazer uma viagem mais tranquila e memorável.

Se quiser entrar em contato com a gente para tirar as dúvidas da sua estadia na Amazônia, pode falar à vontade em nossas redes sociais ou entre em contato com a gente pelo site do Tariri. Vai ser um prazer te ajudar a construir esta aventura juntos.

🙂

fonte


Toda vez ficamos muito felizes e emocionados com os depoimentos dos hóspedes, com este não seria diferente. Um casal muito gente boa que veio passar uns dias aqui no lodge e mandou essas palavras lindas pra gente:

“If you are undecided between choosing Tariri and a more luxurious option (although a limited few) to stay deep in the Amazon forest, I would say go for Tariri, you will not regret it. Tariri gives you the quintessentially rustic experience of staying close to the heart of the forest and the river, such that you are never really cut-off from the real experience.

It is as comfortable as you could possibly expect so deep inside the forest, with all necessary amenities as to not deprive you of anything (except of course the mobile and internet connections, lack of which I consider a boon in disguise). And yes…GREAT FOOD…with the freshest river water fishes and vegetables…

The review wouldn’t be complete if I don’t speak of the people who run it. Germano and Alvaro and their staff. You are given that welcome and homely feel all through your stay. Starting right from when you step in to Tariri (be prepared to be played along by the few domesticated Amazonian monkeys then) to the many excursions / activities and finally to the food…be prepared to get a very personal attention all the while. I was really humbled.

Thanks for making our stay that wonderful 🙂

Joyjit201
Zurique, Suíça

Nós que agradecemos por conhecer pessoas como vocês. Obrigada! 🙂


Muitos hóspedes nos consultam antes de viajar para saber o que trazer e o que não trazer para o Tariri. De uma forma geral, é bom apelar para o bom senso e não trazer coisas que você naturalmente não poderá transportar sozinha(o). Temos como ajudar com a bagagem, etc. Mas é bom que você venha preparada(o).

Pensando nisso, nós selecionamos umas dicas do que você DEVE trazer, aquilo que seria essencial para uma viagem pela selva amazônica. Então anota tudo direitinho para não esquecer, ok?

1 – Repelente

Aqui no Tariri, de uma forma geral, não temos muitos mosquitos. Nossas cabanas possuem telas e a noite é bem agradável. Porém, é sempre bom trazer repelente para se proteger de alguns insetos chatinhos que venham a surgir e até mesmo para se proteger na mata, quando for fazer os passeios.

2 – Roupas Leves

Você vai andar bastante por aqui nos passeios, na mata, de barco, pular no rio, etc. É bom pensar que será bem fácil de sujar. Escolha peças leves, geralmente faz muito calor e aqui é bem úmido. Também é bom trazer casacos leves para a noite, caso você seja friorenta(o). Botas ou calçados próprios para caminhadas na floresta, boné ou chapéu, camisetas com mangas longas (tipo UV), o que o seu bom senso te guiar. Traga roupas que permitam que seu corpo respire com tranquilidade. E claro, trazer roupa de banho para curtir bons momentos nas águas do Rio Negro.

3 – Protetor Solar

Não é porque você está na sombra das mais belas árvores que vai esquecer de se proteger do sol, né? Traga protetor solar, passe sempre. É uma dica para a vida.

4 – Livros

Temos energia, chuveiro elétrico, mas não temos internet, o que é uma maravilha para você colocar aquela leitura marota em dia. Que tal? Traga um livro, revistas ou o tablet mesmo para ler em nosso redário. Se um dos macaquinhos não te atrapalhar com tanta fofura, vai ser uma experiência bem relaxante.

5 – Higiene pessoal e farmacinha

Traga escova de dentes, creme dental, sabonete, shampoo, remédios que costuma tomar, curativos, pomadas, etc.

6 – Objetos úteis

Para pernoitar na selva, é interessante que você tenha lanterna, capa de chuva e pilhas extras. Fora isso, para uso geral, é bom não esquecer os carregadores de celular, bateria extra, câmeras fotográficas, etc.

7 – Dinheiro

Lembre de sacar dinheiro antes de entrar no transfer para seguir até o Tariri. É bom ter sempre algum dinheiro para comprar lembrancinhas ao longo dos passeios pela cidade e nas tribos indígenas. Facilita bastante.

Se você tiver alguma dúvida, pode nos perguntar por email ou mensagem nas redes sociais. De qualquer forma, a sua experiência será melhor do que o planejado.

🙂

Quem melhor que os nossos hóspedes para falar da sua experiência aqui no lodge e destacar as informações mais importantes para quem vem de fora do país.

Olha só o depoimento apaixonadamente detalhado que recebemos:

amgarg

Menlo Park, Califórnia

We are both widely traveled and I had visited the Amazon before — Tariri beat all our expectations. It’s been built clearly with a lot of love (and all by hand as we discovered) by a wonderful family.

Some highlights:

Location: Just two hours from the Manaus airport, amidst pristine wilderness, on the margins on the Rio Negro. Who knew you could get from an urban jungle to a real jungle so quickly and seamlessly.

Comfort: Have you ever imagined a tropical rainforest *without* mosquitoes? Well, turns out the river water is too acidic for them so we didn’t even need bug spray. And fear not, the river is just fine for other animals, including pink dolphins and flipper-less humans (this one cooled himself multiple times in it =).

– Food: YUM YUM YUM. More pirarucu please! And who knew manioc can be transformed into the magical food of the gods??? Tariri cooks everything fresh for every meal, from local ingredients. The lodge has 10 cabanas so at any given time it will likely have at most 20 guests, which means every meal feels like family.

Price: I can’t believe the amazing deal they offer, it came to less than USD 100 per person per night including food, transport and activities (canoeing, fishing piranhas, hiking etc).

– Animals: Have you ever been groomed by a monkey? Within five minutes of arrival I was — and I am pretty sure the monkey would have just lived on my shoulder if I had let it. It was absolutely incredible to be able to feed a baby toucan, have macaws perch on my arm, and cuddle with a baby sloth. The animals that live freely around the lodge have learned that humans can also be loving and they likewise treated us as such.

Thank you Tariri — for taking such good care of us, for baking a cake for her birthday, for making this a trip of a lifetime. Which is why this TripAdvisor devotee is taking the time to write about you as his first review.

A gente fica como depois de ler isso tudo? <3


Em outras épocas, os nossos primeiros hóspedes sentiam falta de uma água quentinha para tomar banho, de carregar a bateria de alguns equipamentos, etc.

Hoje já temos eletricidade e o banho quente é algo garantido. Carregar os equipamentos, também. Mas internet, não temos, nem colocaremos. Quer uma verdadeira experiência na selva amazônica? Tem que vir preparada(o) para se jogar de corpo e alma nessa real aventura.

Esta família viveu nossa época sem eletricidade e não se arrependeu em nenhum momento:

“Escolhemos o Tariri pelos comentários no tripadvisor, uma vez que se trata de um hotel pequeno (10 cabanas), sem esquema de marketing. Viajei com a familia (marido e dois filhos, 11 e 12 anos). As crianças adoraram, principalmente os banhos de rio na volta de cada passeio. A água dos rios naquela região são mornas e sem mosquito. As piranhas não atrapalham o banho de rio. Os quartos são rústicos, de madeira, mas muito bem projetados. As cabanas guardam um espaço entre si, o que garante uma privacidade. Não têm ar condicionado, somente um ventilador, mas nesta época (fevereiro) não sentimos calor de noite (dormimos de janela aberta, pois tem mosquiteiro, que serve mais para algum inseto intruso – de qq maneira, não tem mosquito nessa região). Estava com medo da chuva, mas elas foram passageiras e não atrapalharam. O banho é frio, mas suportável. Meus filhos nem reclamaram. A comida é caseira: no almoço tem sempre peixe e no jantar carne. Um feijãozinho seria bem vindo para as crianças. Fabricia, dona do lodge, cuida da cozinha e é muito atenciosa. Os passeios são interessantes, seguem um padrão da região. São guiados pelo dono do hotel, Germano, que conhece muito bem a selva. Bichos, somente preguiças e alguns macacos foram vistos nas árvores durante os passeios. A região encontra-se relativamente próxima de Manaus e tem uma paisagem muito bonita. Por isso, trata-se de uma região turística, e o turismo tende a crescer (tanto hoteis, pousadas como casas de veraneio). Em suma, todos gostaram e as crianças querem voltar. Pena que moramos longe, no Rio.”

A satisfação dos hóspedes é algo que nos leva adiante sempre que lemos algo lindo como este depoimento de Fabian e Laura <3

Fabian and Laura, Germany

The reason we chose the Tariri Amazon Lodge was the excellent customer support we experienced while booking our stay as well as the great tripadvisor reviews. When we arrived at the lodge, we arrived in paradise greeted by Frida, Xuxa and Inka (monkeys), Aras and Toucans and of course Germano, Fabiola and team. The lodge has been built by the family owners and is simply perfectly located in the jungle with no signal and no access to internet – a place to relax and enjoy the real nature! The food served 3 times a day was beyond excellent, self-made with a local touch. The trips (twice a day) were great fun supported by Germano’s knowledge. We booked two extra tours: swimming with the dolphins (amazing experience) and meeting of the waters. The daily joy of playing with Amazon animals and waking up to the sound of nature is priceless! Have a look at our pictures, if you like 🙂

Esperamos que vocês voltem e tragam a família e os amigos para curtir o lodge.

Já entramos no período das cheias e isso quer dizer que teremos ainda mais vida para um dos maiores ecossistemas do planeta.

Período das cheias: entre fevereiro e julho.

Seus igarapés ficam inundados e muito lindos, a diversidade da fauna e da flora fica abundante, o povo ribeirinho já se prepara para subir suas casas, dando uma outra configuração ao rio nessas épocas.


Durante as cheias temos algumas ressalvas:

  • Algumas atividades não podem ser efetuadas, mas você pode nos consultar sobre elas antes de fazer a reserva;
  • É mais difícil de pescar;
  • Dificulta a focagem de jacaré. Eles não aparecem ou quase não conseguimos vê-los.

Podemos observar uma beleza diferente de quando vimos o rio em épocas de seca. Quem já veio na seca, vai ficar impressionado com a diferença nas margens. Quem ainda não veio, vai encontrar novas surpresas e uma experiência inesquecível.

Vem conhecer o Tariri!